Espanha detecta primeiros casos de mutação britânica do novo coronavírus - 103 FM Curimataú

Espanha detecta primeiros casos de mutação britânica do novo coronavírus

Quatro casos da nova linhagem do coronavírus Sars-CoV-2 descoberta no Reino Unido foram detectados na Espanha, informou neste sábado o governo regional de Madri. São as primeiras infecções da variante B.1.1.7 do patógeno confirmadas na Espanha.

Os quatro casos estão vinculados a pessoas que chegaram recentemente do Reino Unido, afirmou Antonio Zapatero, vice-conselheiro de Saúde Pública da região de Madrid, em uma entrevista coletiva.

Fonte: O Globo

Há outros três casos suspeitos da variante B.1.1.7 no país. O resultado da análise das amostras coletadas dos pacientes deverão ser divulgadas até a próxima terça-feira, ainda segundo o vice-conselheiro.

A mutação levou mais de 50 países, incluindo a Espanha, a impor restrições de viagens envolvendo o Reino Unido. Desde a última terça-feira, só cidadãos espanhóis e residentes estão autorizados a retornar para o país.

Teich‘Guerra política’ faz até os acertos do governo na pandemia desaparecerem, diz ex-ministro da Saúde

Na última sexta-feira, a França também confirmou seu primeiro caso relacionado à mutação britânica. O governo do Reino Unido estima que a alteração da B.1.1.7 na proteína S do coronavírus, usada pelo patógeno para infectar células humanas, pode fazer com que seja até 70% mais contagioso.

A Espanha é um dos países mais afetados pela Covid-19 na Europa. Atualmente, o país soma mais de 1,85 milhão de casos da doença e quase 50 mil vítimas fatais.